Search
sexta, 10 de julho de 2020
  • :
  • :

INVERNO AUMENTA DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

INVERNO AUMENTA DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

O inverno começa oficialmente no dia 20 de junho. Com ele chega também o período em que as pessoas costumam ter mais resfriados e gripes, já que o frio deixa o organismo mais propenso a essas doenças. Além disso, a queda nas temperaturas faz com que as pessoas permaneçam por mais tempo em ambientes fechados fazendo com que os vírus se disseminem mais facilmente. Para evitar essas doenças, é importante estar atento para a melhoria da imunidade.

De acordo com médicos infectologistas uma noite bem dormida, alimentação balanceada, vida mais tranquila e atividades físicas ajudam a melhorar a imunidade, mas não impedem que as pessoas entrem em contato com os vírus.

Por isso, essas medidas são fundamentais, além de outras de prevenção como evitar as aglomerações, manter o distanciamento social, usar máscaras e fazer a higienização frequente com água e sabão ou álcool gelOs médicos ressaltam ainda que é fundamental tomar a vacina contra a gripe.

Os quadros alérgicos também tendem a se intensificar nesse momento, ou seja, doenças de hipersensibilidade respiratória, como rinite e sinusite. Alguns pacientes, como os asmáticos, podem ter a asma induzida principalmente por que é um período que chove menos e a dispersão de poluentes tende a ser menor.

Para aqueles que estão mantendo o distanciamento social em casa devido ao coronavirus os médicos recomendam manter os ambientes arejados, ventilados e, no caso daqueles que têm problemas alérgicos, evitar cortinas, tapetes e pelos de animais. “

Em virtude da pandemia é preciso estar atento para as várias manifestações do coronavírus, que vão de leve a muito severas. Por isso, existe a necessidade de que qualquer pessoa que tenha sintomas respiratórios, mesmo que brandos, seja avaliada e testada, mesmo com formas leves, para garantir que esse indivíduo não venha a apresentar o vírus e contaminar as pessoas no seu entorno.

A imunidade alta não é garantia de que o indivíduo não seja infectado pelo coronavírus, portanto, não existe receita para aumento de imunidade no caso da covid-19. O que existe é prevenção. Nunca se sabe quem vai desenvolver o vírus.

Além disso, uma alimentação balanceada e variada ao longo do tempo é o ideal para manutenção da saúde. Não existe um único alimento que, sozinho, possa salvar alguém e elevar a imunidade.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *