Search
quinta, 28 de outubro de 2021
  • :
  • :

Streaming já corresponde por 10% da audiência de rádio, indica Nielsen

Streaming já corresponde por 10% da audiência de rádio, indica Nielsen

Uma das mudanças indicadas em 2020 como tendência para o rádio parece ter se consolidado em 2021. Segundo a Nielsen, 10% de toda a audiência de rádio nos Estados Unidos ocorre de forma on-line. Para se ter uma idéia do avanço, esse volume não oscilava distante de 5% do total no período pré-pandemia do novo coronavírus. Com o início do isolamento social no segundo trimestre de 2020, esse valor subiu para 8% e, desde então, passou a oscilar nesse novo patamar. Alguns levantamentos divulgados ainda no ano passado já davam uma pista sobre esse novo patamar on-line da audiência de rádio.

Antes é preciso considerar alguns pontos: antes da pandemia, esse patamar era de 5% e aí, com o isolamento saltou para 8% e ficou oscilando a partir desse novo degrau. Prevendo uma necessidade de ajustes em sua medição, a Nielsen realizou um ajuste em fones de ouvido em sua medição eletrônica PPM (Portable People Meter), o que influenciou ainda mais nas medições a partir de outubro de 2020: o patamar da audiência on-line saltou para 10%, ou seja, mais um degrau.

Esse avanço on-line não é pequeno, se considerar que o rádio via ondas AM/FM pouco perdeu de seu alcance total mesmo com os meses de maior isolamento durante a fase aguda da pandemia (considerando o mercado norte-americano). E, a partir de 2021, houve uma retomada dos deslocamentos diários (fundamental para as estações dos Estados Unidos), o que fez o alcance do meio aumentar novamente. Mesmo com a recuperação das escutas off-line a partir do segundo semestre de 2020, a audiência on-line foi mantida em um novo patamar.

“Quando a Nielsen introduziu o novo aprimoramento da metodologia de ajuste de fone de ouvido em outubro de 2020, a participação de ouvir streams codificados saltou para 10% e tem se mantido desde então”, afirmou o executivo Doug Hyde, diretor sênior, National & Local Insights, Westwood One, ligada a Cumulus Media.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *