Search
quinta, 28 de outubro de 2021
  • :
  • :

Guarda-vidas fazem salvamento com manobra de Heimlich

Guarda-vidas fazem salvamento com manobra de Heimlich

O trabalho diário dos guarda-vidas é o salvamento na praia. Eles se preparam e treinam para isso, ficam de prontidão e, quando há algum risco de afogamento, entram em ação. Porém, na tarde dessa segunda-feira (17), dois guarda-vidas de Vila Velha passaram por uma situação um pouco diferente. Ouviram um chamado de socorro que não vinha da água, vinha da terra. 

Funcionários e clientes de um restaurante foram à praia chamar por socorro, depois que uma senhora de 80 anos, que almoçava com a família, engasgou. Robson Barbosa e Jonas do Nascimento se aproximaram e utilizaram a Manobra de Heimlich, que consiste em envolver a vítima com os braços e puxar, com os pulsos abaixo da caixa toráxica, fazendo pressão. Ao finalizar a manobra, a senhora voltou a respirar e foi acalmada, sem necessitar de outro tipo de atendimento médico. 

Jonas explicou que, no trabalho diário deles, não podem deixar o posto, mas no momento o fizeram, no ímpeto de ajudar a salvar uma vida: “Antes de sair, ainda verifiquei a água, para depois correr em socorro dela. A sensação é a mesma de quando salvamos alguma vítima de afogamento, de que estamos ali para ajudar”, comentou, lembrando a importância dos treinamentos que têm. “Nós somos treinados para várias situações como essas e as pessoas podem sempre contar conosco. Mesmo assim, expliquei para os funcionários do restaurante como procederem da próxima vez”.

Jonas é guarda-vidas há sete anos e já precisou fazer esta manobra outras duas vezes, sendo que uma delas foi com a própria filha. Aos três anos, depois de uma queda, “ela engasgou com o ar, não conseguia respirar. Como era muito novinha, a manobra precisou ser feita de outra forma. Coloquei-a de bruços e bati nas costas até que voltasse ao normal. É uma situação de muita tensão, mas graças a Deus consegui executar, como no treino”, contou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *